velocidade de carregamento de suas páginas

Conheça 2 ferramentas gratuitas e teste a velocidade de carregamento de seu site ou blog

A velocidade de carregamento de seu site ou blog é um ponto muito importante que impacta diretamente no posicionamento dos resultados de busca. Em outras palavras, se o seu site ou blog estão demorando muito para abrir, isso significa que você irá perder posições nos resultados de busca.

O motivo disso? Bom, assim como você quer oferecer o melhor para seus clientes, o Google e os outros buscadores também.

Apenas sites com boa velocidade de carregamento serão exibidos nas primeiras páginas de resultados de busca.

Aprenda como melhorar o desempenho do seu site com essas 2 dicas de ferramentas grátis e online.

Por qual motivo a velocidade de carregamento  de seu site ou blog merece atenção?

Os brasileiros, segundo pesquisas publicadas, passam muito tempo online conectados via smartphones. Um público assim exige sites de qualidade e não perde tempo com sites lentos e engessados. O índice de abandono de sites que demoram a carregar é altíssimo e demonstra que as pessoas em geral não tem paciência com isso.

Esse ponto é um divisor entre ganhar ou perder um cliente, afinal, se a concorrência oferece o mesmo produto que você, porém, com uma experiência de navegação superior, o usuário certamente escolherá a opção que mais lhe agradou.

É essencial, independente de seus objetivos, manter seu site com a menor velocidade de carregamento possível, no entanto, no artigo de hoje vamos falar sobre um passo anterior a esse: Ferramentas grátis que nos apresentam relatórios completos a fim de avaliar e medir a velocidade de carregamento de um site ou blog.

Existem ainda detalhes que interferem na velocidade de um site. Alguns dos motivos mais comuns que interferem no tempo de abertura de um site ou blog são:

  • imagens muito grandes, pesadas ou em formatos não recomendados.
  • falta de revisão de scripts e páginas com muitas requisições.
  • uso excessivo de CSS, HTML e/ou JavaScript;
  • Falhas e problemas com otimização de códigos.

Existem algumas ferramentas que medem o tempo de carregamento das páginas de seu blog ou site, e que, além disso, podem lhe ajudar a identificar os problemas citados acima. Acompanhe:

Ferramentas grátis para teste de velocidade de carregamento.

1. Page Speed Insights – Informações completas (desktop e smartphones)

O Google tem um portal muito legal para desenvolvedores e esta ferramenta está inclusa nestes itens. O Page Speed Insights oferece um relatório completo indicando os problemas encontrados e sugestões para correção e aprimoramento.

A avaliação leva em conta diversos critérios, como por exemplo:

Velocidade (desktop e mobile), além da experiência de usuário em dispositivos mobiles.

A página ganhará um nota de classificação que pode variar entre 0 e 100, sendo 100 o melhor índice possível, e zero, o pior. Em outras palavras isso que quer dizer que quanto mais próximo de 100 você estiver, menos coisas você terá de corrigir.

Quer fazer o teste com algum site?  Então acesse o PageSpeedInsights e aproveite.

2. Web Page Test

A segunda ferramenta deste post conta com a possibilidade do usuário escolher o tipo de navegador, além do local de origem do teste.

Após a menção da URL, a ferramenta apresenta resultados repletos de detalhes, incluindo informações sobre o domínio, detalhamento de seu conteúdo, análise do desempenho e captura de tela.

Totalmente grátis, a ferramenta oferece diagnóstico aprofundado com design intuitivo e diferenciado.  Embora o Web Page Test também ofereça sugestões de melhorias, os gráficos em cascata ajudam na interpretação dos resultados

E aí? Quer testar? Acesse o site Web Page Test e confira você mesmo.

Otimização de sites: o que você precisa para começar?

Por fim, vá adiante, afinal, não adianta usar a ferramenta para medir a velocidade de carregamento de seu site ou blog se você não corrigir os problemas identificados.

Siga as recomendações de otimização e, após concluído, teste novamente, pois suas correções podem ter gerado outras sugestões de melhoria e otimização.

Apesar de o assunto ser bastante abrangente, existem alguns pontos que merecem atenção por serem conhecidos como os problemas mais comuns:

  • otimize as imagens de seu blog ou site.
  • revise o seu código quantas vezes forem necessárias
  • mantenha o cache habilitado
  • desabilite recursos desnecessários que interferem no desempenho.
  • opte por um serviço de hospedagem completo e de qualidade.

Caso as correções exijam melhorias em scripts, ou com programação em geral, é recomendado a contratação de um profissional especializado.

DICA EXTRA:

Lembre-se que a questão do desempenho de seu site, blog ou loja virtual estão intimamente relacionados com o servidor em que estão hospedados. Sendo assim, opte por empresas de hospedagem de confiança e fique de olho nas promoções.

E então? Gostou das dicas de hoje? Já utilizou algumas dessas ferramentas? Compartilhe conosco sua experiência ou confira mais posts sobre assuntos relacionados clicando aqui.